Notícia:

Vigilância Sanitária investiga churrascaria do cantor Marrone, em Cuiabá

No final de dezembro, diversas pessoas tiveram náusea, vômito, diarreia, entre outros sintomas, segundo elas, após comerem na churrascaria Favo de Mel.
Vigilância Sanitária investiga churrascaria do cantor Marrone, em Cuiabá Foto: RepórterMT/Reprodução

A Vigilância Sanitária de Cuiabá faz um trabalho de investigação na churrascaria Favo de Mel, localizada na Avenida Fernando Corrêa, na Capital, após diversos relatos de pessoas com intoxicação alimentar. Os clientes, após comer no restaurante, tiveram náusea, vômito, diarreia, cefaleia, febre e dor abdominal, sinais e sintomas típicos de intoxicação alimentar.

Leia também:
Tenente Lara é flagrado dirigindo nu pelas ruas de Cuiabá; veja vídeo

O estabelecimento pertence ao cantor Marrone, da dupla Bruno & Marrone, e foi notificado pela vigilância, para que regularize falhas encontradas.

Os primeiros casos foram atendidos em hospital particular, que não notificou a possibilidade de surto. Segundo a Secretária Municipal de Saúde (SMS), assim que surgiram as notificações, equipes de Vigilância Epidemiológica e de Vigilância Sanitária foram acionadas para apurar o caso, conforme protocolos técnicos específicos.

A gestora do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde, Moema Blatt, explicou que devido à demora das notificações as vítimas já estavam assintomáticas, dificultando a coleta de material biológico para diagnóstico laboratorial.

No entanto, a gestora apontou que na inspeção sanitária realizada no local foram encontradas inconformidades, e diante disso a Favo de Mel foi notificada, recebendo uma prazo para regularização do estabelecimento.

Outro Lado

Ao Reportér MT, a gerência-geral da churrascaria informou que os primeiros testes da Vigilância Sanitária não detectaram possíveis alimentos intoxicados, e que uma segunda coleta foi feita para novas análises. O local segue aberto.

Além disso, o restaurante se declarou chocado com a situação, pois, possui higiene e cuidado com os seus produtos e clientes.

Os consumidores que tem procurado a Favo de Mel estão sendo encaminhados para o advogado da empresa, para que recebam o ressarcimento.

“Não vamos nos isentar. Queremos descobrir o que aconteceu se realmente foi à churrascaria que causou”, afirmou.

O restaurante está sendo monitorado pela fiscalização sanitária com o objetivo de evitar novas ocorrências de tal magnitude. 

A recomendação da SMS aconselha que se população se deparar com sinais e sintomas típicos de intoxicação alimentar após consumir alimentos em estabelecimentos comerciais, entrem imediatamente em contato com os telefones da Vigilância, pelos telefones:

Vigilância Sanitária – 65 3617 1483/ 65 3617 1487/ 65 3617 1689

Vigilância a Doenças e Agravos (epidemiológica) – 65 3617 1484; 65 3617 1485; 65 3617 1609; 65 99206 8618

Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde – 65 3617 1685; 65 99247 4536

 

Fonte: Repórter MT

Comentários

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}