Notícia:

Internado, candidato é levado para fazer o Enem em ambulância em Sinop: ''Tinha que fazer a prova''

Adolescente fez uma cirurgia de apendicite no sábado (9). Prova é motivo de superação, segundo mãe do candidato.
Internado, candidato é levado para fazer o Enem em ambulância em Sinop: ''Tinha que fazer a prova'' Breno Faustino de Assis, de 16 anos, chegando ao local de prova do Enem em MT — Foto: Reprodução

Após fazer uma cirurgia de emergência, no sábado (9), o candidato Breno Faustino de Assis, de 16 anos, foi levado de ambulância para fazer a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), neste domingo (10), em Sinop, a 503 km de Cuiabá.

Leia também:
Vídeo mostra Rio Cuiabá ''recheado'' de peixes durante a Piracema

Mesmo convalescente, ele não quis deixar de fazer o exame. Dessa forma, o candidato foi levado de ambulância até o local de prova. "Tinha que fazer a prova", disse ele depois do exame.

Um vídeo feito pela equipe do hospital, mostra o paciente sendo colocado na maca, depois, sendo na ambulância e conduzido ao local de prova.

Breno fez a prova em uma sala separada e teve apoio de duas enfermeira, uma do Enem e outra do hospital onde ele estava internado. A segunda ficou responsável por ministrar a medicação que Breno estava tomando, até o término da prova.

O candidato fez Enem na tentativa de ingressar em uma faculdade de medicina.

Dores abdominais

A mãe de Breno, Marisa Dias relatou que ele passou mal na sexta-feira (8), após tomar um caldo de cana. Em princípio, ela achou que fosse apenas um desconforto estomacal, mas ele passou mal novamente durante a madrugada de sábado.

Ao ser levado para o Pronto Atendimento, o médico diagnosticou a apendicite e disse que ele precisava de uma cirurgia de emergência.

Breno não queria e perguntou se tinha como adiar o procedimento, mas o médico disse que não. No domingo, após a cirurgia e se sentindo bem, ele pediu que o médico o liberasse para a prova.

O médico fez inúmeras recomendações e Breno fez a prova em uma sala separada e sobre a maca.

Motivação para esforço

O pai de Breno, o advogado Francisco Assis Dias de Freitas, de 52 anos, foi assassinado em março deste ano. Ele estava em casa quando foi atingido por vários disparos e morreu na frente dos filhos.

De acordo com a mãe, desde a morte do pai, Breno vem se esforçando para se sair bem no exame e assim, superar o ano difícil que a família vem enfrentando.

 

Fonte: G1 MT

Comentários

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}