Notícia:

Gabriel Oliveira defende três pênaltis, converte sua cobrança, e Nova Mutum elimina Brasiliense na Copa Verde

Azulão da Massa bateu o Jacaré por 3 a 2 nas penalidades após triunfo por 1 a 0 no tempo normal e avançou às semifinais da competição regional
Gabriel Oliveira defende três pênaltis, converte sua cobrança, e Nova Mutum elimina Brasiliense na Copa Verde Nova Mutum x Brasiliense, Valdir Doilho Wons (Foto: Oscar Polita/Esp. Metrópoles)

Resumão

O Nova Mutum está nas semifinais da Copa Verde! Com muita emoção, o time de Mato Grosso venceu o Brasiliense nos pênaltis por 3 a 2 após triunfo por 1 a 0 no tempo normal, em duelo nesta quarta-feira, pela volta das quartas de final, no estádio Valdir Doilho Wons. Juninho, aos 40 minutos do segundo tempo, marcou o gol do Nova Mutum, levando a decisão para as penalidades. Nas cobranças, o goleiro Gabriel Oliveira brilhou. Pegou três pênaltis, converteu o seu e garantiu a classificação do Azulão da Massa.

Adversário da semi

Agora, o Nova Mutum aguarda pelo confronto entre Vila Nova e Aquidauanense para conhecer seu adversário da semifinal da Copa Verde. As equipes duelam pela volta das quartas de final nesta quinta-feira, em Goiânia. Na ida, o Vila Nova venceu por 1 a 0 e tem a vantagem do empate para avançar.

Leia também:
Cuiabá vende 15 mil ingressos para jogo contra o Palmeiras e terá seu maior público no Brasileirão

Agenda

Os jogos da semifinal da Copa Verde estão programados para acontecer nos dias 10 de novembro (ida) e 17 de novembro (volta). O mando de campo será definido por meio de sorteio.

Primeiro tempo

Após ter perdido o jogo da ida por 1 a 0, o Nova Mutum precisava do resultado e chegou pela primeira vez. Higor Rosa finalizou de fora da área aos quatro minutos e assustou o goleiro Edmar Sucuri. O Brasiliense encontrou espaços no contra-ataque e levou perigo duas vezes seguidas, com Goduxo e Marcão, parando no goleiro Gabriel Oliveira. O Jacaré ainda criou oportunidades com Bernardo e Coquinho, e ficou mais perto de inaugurar o placar.
 

Segundo tempo

Repetindo o roterio da etapa inicial, o Brasiliense esteve mais perto do gol no segundo tempo. O Nova Mutum não conseguia exercer pressão e, quando chegava ao ataque, pecava nas finalizações. O Brasiliense, por sua vez, empilhava chances desperdiçadas. Aos 26 minutos, Jefferson Maranhão errou cabeceio sem goleiro e já na pequena área. Marcão furou o chute na cara do gol aos 36 minutos. A ineficiência do Jacaré seria castigada. Aos 40 minutos, Romário escorou e Juninho finalizou de primeira para balançar as redes, forçando a decisão nos pênaltis.

 

Herói

Nas penalidades, brilhou a estrela do goleiro Gabriel Oliveira. O "São Gabriel" defendeu as duas primeiras cobranças do Brasiliense e foi responsável pelo primeiro pênalti certo do Nova Mutum. Nas alternadas, o arqueiro defendeu a cobrança de Balotelli e classificou o Azulão da Massa para a semifinal da Copa Verde.

Fonte: Globoesporte MT

Comentários

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}