Notícia:

Exportações em MT aumentam 6% e estado assume a 4ª colocação no ranking brasileiro

De acordo com o boletim, um dos setores da indústria que mais cresceu foi o de carne bovina, que neste primeiro semestre teve alta de 40%.
Exportações em MT aumentam 6% e estado assume a 4ª colocação no ranking brasileiro Um dos setores da indústria que mais cresceu foi o de carne bovina, com alta de 40% — Foto: Reprodução/TVCA

Mato Grosso subiu uma posição no ranking nacional e se tornou o quarto maior exportador do Brasil, com crescimento de 6,6% no primeiro semestre do ano, em comparação com o mesmo período de 2019. Enquanto isso, a tendência nacional foi de retração de 7,3%.

Leia também:
Vendas caem e pequenos produtores reduzem cultivo em MT durante a pandemia

Os dados são do Boletim Comex MT, produzido pelo Centro Internacional de Negócios (CIN) da Federação das Indústrias de Mato Grosso (Fiemt) e foram divulgados nesta quinta-feira (6).

De acordo com o boletim, um dos setores da indústria que mais cresceu foi o de carne bovina, que neste primeiro semestre teve alta de 40%.

O estado representa 58% das exportações do Centro-Oeste, o equivalente a US$ 9,6 bilhões, segundo a publicação.

Os números fazem referência ao primeiro semestre deste ano.

De acordo com o presidente da Fiemt, Gustavo de Oliveira, esses recursos que vem de fora do país são muito importantes para a circulação da economia, sobretudo neste momento de pandemia, já que promovem a geração de emprego e impulsionam a compra de insumos para o agronegócio e agroindústria.

O Boletim Comex MT mostra que apenas 23% da receita gerada pelas exportações vem de produtos industrializados, enquanto que 77% são provenientes da agropecuária.

Gustavo Oliveira afirma que esse número poderia ser ainda maior. “Nos últimos meses, vendemos para o mundo quase US$ 10 bilhões, porém deixamos de exportar muito mais porque nossos produtos têm pouco valor agregado”, finaliza.

Apesar dos números robustos de exportações no segmento de commodities, o gerente de Desenvolvimento Industrial da Fiemt, Lucas Barros, destaca que cenário é uma grande oportunidade para que pequenas e médias empresas mato-grossenses possam internacionalizar seus negócios.

A partir de agora, a Fiemt irá publicar mensalmente boletins com análises do fluxo de comércio exterior, tendo como principal foco as operações realizadas em Mato Grosso.
 

Fonte: G1 MT

Comentários

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}