Notícia:

Deputados aprovam projeto que autoriza a volta de 35% do público em estádios durante jogos em MT

Se o projeto for sancionado pelo governador, será permitida a entrada de torcedores vacinados contra a Covid-19 ou que tenham testado negativo para a doença até dois dias antes do jogo.
Deputados aprovam projeto que autoriza a volta de 35% do público em estádios durante jogos em MT Torcedores poderão voltar a assistir jogos nas arquibancadas da Arena Pantanal, em Cuiabá — Foto: Junior Silgueiro/Secom-MT

Os deputados de Mato Grosso aprovaram, em sessão nesta segunda-feira (19), o projeto de lei que autoriza a volta de 35% do público aos estádios durante jogos realizados no estado. Durante a votação, houve duas abstenções, dos deputados Xuxu Dal Molin (PSC) e Faissal Calil (PV), e um voto contrário, do Lúdio Cabral (PT).

Para entrar em prática, o projeto ainda deverá ser sancionado pelo governador Mauro Mendes (DEM) e depois encaminhado para a Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Conforme a proposta, de autoria do deputado Eduardo Botelho (DEM), só será permitida a entrada de torcedores que apresentarem o comprovante de vacinação contra a Covid-19 com as duas doses ou com dose única, e de pessoas que apresentarem um exame RT-PCR negativo, realizado em até 48 horas antes do evento.

De acordo com o projeto, a quantidade de pessoas nos eventos não poderá exceder a 35% da capacidade do estádio.

Leia também:
Jorginho salienta proposta de jogo do Cuiabá e comemora: "Gostei do ponto conquistado"

Eduardo Botelho justifica que desde o início da pandemia no Brasil, em março de 2020, os times vêm sofrendo com perdas de receitas sem a comercialização de ingressos e vendas de alimentos e bebidas em dias de jogos.

O campeonato Mato-grossense, por exemplo, ficou suspenso por oito meses na temporada passada e, quando voltou, em novembro de 2020, foi proibida a presença do público nos estádios.

O retorno dos torcedores durante os jogos, segundo o deputado, é uma forma dos clubes começarem a recuperar a receita perdida durante a pandemia.

Férias interrompidas

A sessão desta segunda-feira acontece durante o recesso dos deputados. Os parlamentares foram convocados pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) para promover a limpeza da pauta.

Seis projetos estão sendo votados. Entre eles, está a segunda votação do Projeto de Lei que institui o Programa Alfabetiza MT, o Prêmio Educa MT e a Inclusão Digital, em regime de colaboração com os municípios mato-grossenses, e dá outras providências.

Além disso, será votado o projeto de lei que destina recursos para os hospitais filantrópicos. Está previsto também a votação do projeto 602/21 que cria o auxílio emergencial com recursos do estado à pessoas economicamente vulnerabilizadas por causa da pandemia.
 

Fonte: G1 MT

Comentários

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}