Notícias

Quinta-Feira, 27 de Dezembro de 2018 10:30

Quatro adolescentes e 2 jovens são detidos suspeitos de espancar rapaz até a morte em MT

Jovem foi espancado até a morte por supostos ladrões ao recuperar capacete furtado.
Quatro adolescentes e 2 jovens são detidos suspeitos de espancar rapaz até a morte em MT Daniel de Oliveira Barros — Foto: Facebook/Reprodução

Seis pessoas suspeitas de espancar e matar um jovem foram detidas na terça-feira (25) na cidade de Terra Nova do Norte, a 648 km de Cuiabá. De acordo com a Polícia Militar, Daniel de Oliveira Barros, de 20 anos, teria sido assassinado ao recuperar um capacete supostamente furtado por ladrões.

A detenção deles ocorreu no mesmo dia e foi divulgada nessa quarta-feira (26).

Segundo a PM, os suspeitos foram encontrados quando fugiam para Peixoto de Azevedo, a 692 km de Cuiabá. Entre os envolvidos estão quatro menores, todos com 17 anos. O crime teria acontecido na madrugada do mesmo dia, por volta de 2h, em um bar no Centro da cidade.

Uma denúncia informou que o grupo fugia em um carro, que foi abordado pela polícia.

Os suspeitos foram encaminhados para a Polícia Civil de Peixoto de Azevedo. Além dos adolescentes, também foram detidos outras três pessoas.

Crime

De acordo com a Polícia Civil, a família de Daniel contou que ele teria se envolvido, na véspera do Natal, em, pelo menos, três brigas.

O motivo das brigas seria o fato de Daniel ter o capacete da motocicleta dele furtado por assaltantes. Ele conseguiu recuperar o acessório, mas se envolveu nas brigas.

Daniel correu para o interior de um bar onde foi cercado por quatro homens que o perseguiam.

As testemunhas relataram à polícia que uma das pessoas estava armada e usou a arma para bater na cabeça de Daniel. Os outros três homens o espancaram com chutes, socos, pedaços de pedra e tacos de sinuca do bar.

escreva aqui a descrição, informação, etc

Fonte: G1 MT

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}