Sábado, 20 de Julho de 2019, 16:46

Notícia:

Projeto em Sinop quer aliar expansão urbana com crescimento verde

Projeto em Sinop quer aliar expansão urbana com crescimento verde Foto: Reprodução

Manter uma cidade bem arborizada, com qualidade de vida, melhorando a saúde pública e diminuindo as chamadas ilhas de calor e a sensação térmica, essas últimas acentuadas, principalmente, pela expansão urbana de Sinop. Este é o desafio que a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável do município se propõe a vencer, realizando, por meio de parcerias, ações para que se alcem tais objetivos.

“A nossa ideia é instituir projetos que também se preocupem em difundir a arborização na cidade, minimizando o cenário do concreto. Temos apoiado iniciativas de sucesso que já vêm sendo operadas, a exemplo do projeto Floresta Urbana, idealizado por profissionais de diferentes áreas e instituições no município”, lembra Ivete Mallmann, secretária de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Sinop. 

Os números do poder público municipal mostram uma acentuada expansão urbana de Sinop: só em 2018, mais de 461,7 mil metros quadrados foram construídos, segundo o Núcleo de Projetos (Prodeurbs), da Prefeitura municipal. Já a emissão de alvarás para construção, no último ano, registrou o melhor desempenho desde 2012, totalizando 1.794 documentos.

"Isso significa mais pedreiros contratados, mais cimento, mais tijolos, mais pedra, mais areia e mais dinheiro circulando no comércio local”, aponta Paulo Abreu, diretor do Prodeurbs, ao lembrar que esses números também influenciam indicadores do município como o Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDH - 0,754/ 2010) e a composição do Produto Interno Bruto (PIB)

Embora sejam motivos de comemoração, os dados positivos também acendem um sinal de atenção para outro eixo do desenvolvimento: a necessidade de se crescer em âmbito verde, a partir da arborização. “A gente percebe que a própria sociedade já desperta para essa conscientização, por isso, não só no mês do Meio Ambiente, quando são realizadas diversas atividades de cunho pedagógico, orientativas e de conscientização, mas em todo o ano com ações especificas para a melhoria do cenário em nossa cidade, aliando assim o desenvolvimento ao cuidado com o meio ambiente”, destaca Ivete Mallmann. 

Na última semana, uma parceria entre a Prefeitura de Sinop e o Cartório do 2º Ofício Extrajudicial,  se juntou à gama de ações cujo foco é difundir a consciência verde pela cidade:  o projeto  “Para cada criança nascida, uma árvore plantada”. A ação vista aproveitar outro contexto no qual Sinop também se destaca - o número de crianças nascidas no município - e, então, ampliar a presença de árvores no cenário urbano. Assim, se depender do número de nascidos e registrados em Sinop, por ano, mais de três mil árvores podem ser introduzidas à paisagem da cidade.  

“Se conseguirmos atingir essa meta, futuramente, teremos uma cidade arborizada. Nossa cidade já é uma cidade verde, mas tendo em vista o crescimento de área construída, temos que correr para ter uma cidade fresquinha e, acima de tudo, verde”, destaca a tabeliã responsável pelo 2º Ofício Extrajudicial de Sinop, Maria Antonieta Cabral. Só para se ter uma ideia, nos últimos seis meses (dezembro de 2018 a maio de 2019), 1.710 crianças nasceram e foram registradas em Sinop, apontam dados do Cartório. Só em abril, o número totalizou 334. 

A primeira das mudas entregues pelo projeto ganhou, inclusive, um nome. Homenageia a pequena Elisa, filha do vendedor Wagner Lagassi da Silva. No instante em que se dirigiu ao Cartório para registrar a criança, Wagner já recebeu seu exemplar de Ipê e que será plantado em área à sua escolha. “É um presente de Deus, primeiramente, um filho. E a gente chega aqui [no cartório] e tem uma surpresa, um Ipê. Isso é gratificante”, falou o profissional. 

Nessa parceria, as mudas de plantas nativas, frutíferas e/ou aquelas específicas para o contexto de arborização originam-se do Viveiro mantido pela Secretaria de Meio Ambiente, no Parque Florestal. Para ter acesso aos exemplares, além daquelas unidades que serão distribuídas pelo próprio Cartório, em sua sede, o cidadão pode, a partir do registro da criança, solicitar uma unidade à Secretaria de Meio Ambiente, localizada à Rua das Amendoeiras, 327, no Centro.

A iniciativa conta com o apoio da Comissão de Meio Ambiente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-Sinop). O advogado Renato Valgas destaca papel desse trabalho na criação de uma agenda coletiva sobre o plantio de árvores. “Sabemos que estamos em um Estado que é bem quente e é bem interessante esse plantio de árvore”, destacou o representante. 

Em Sinop, o Código de Parcelamento de Solo estipula que, quando da construção de novos loteamentos, as empresas responsáveis devem apresentar projetos urbanístico e paisagístico indicando, por exemplo, a arborização a ser realizada no empreendimento. Já para o cidadão, o Código de Obras especifica que 60% da área do terreno podem ser ocupados com construções e, outros 40%, destinados à área permeável. Essa é destinada, por exemplo, ao plantio de árvores diversas, mudas, entre outras plantas.

Além das equipes técnicas da Secretaria, do Cartório, e representantes da OAB, a solenidade de lançamento do projeto "Cada criança nascida, uma árvore", contou com a participação da vereadora Professora Branca.

Só em 2018, a Prefeitura de Sinop realizou a distribuição e plantio de 10 mil mudas de árvores em diferentes áreas do município, bem como em regiões rurais abrangidas pelos projetos de recuperação de área degradada, a partir do projeto Interação de Saberes na Agricultura Familiar.

 

Fonte: Assessoria da Prefeitura

Comentários

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}