Domingo, 19 de Maio de 2019, 11:31

Notícia:

Prefeito e deputado pedem a secretário para manter em Peixoto comando regional da PM

Prefeito e deputado pedem a secretário para manter em Peixoto comando regional da PM foto: arquivo/assessoria

A transferência do 15º Comando Regional de Polícia Militar de Peixoto de Azevedo para Guarantã do Norte foi o assunto tratado, ontem, entre o secretário de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, o prefeito Mauricio de Souza e o deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) Um decreto estadual aponta Guarantã como parte das Regiões Integradas de Segurança Pública (RISP). Bustamante ouviu os pedidos das lideranças para o comando não mudar de cidade. “Os representantes da sociedade civil organizada de Peixoto de Azevedo deverão tratar com as instituições a necessidade e justificativa para permanência, a técnica da Secretaria vai acompanhar a decisão. As instituições, junto com os poderes constituídos no município, que vão decidir onde vai ficar o comando regional desta região integrada de segurança pública”, explica o secretário.

O prefeito de Peixoto, Maurício de Souza (PSDB) disse ter sido surpreendido com a decisão do governo e defende a permanência da instituição no município. “Isso nos incomodou muito e, hoje, estamos aqui com o secretário para realmente saber o que é fato ou especulação. Ele foi bastante claro conosco que é uma situação que temos que discutir com todos os setores da segurança pública para que a gente apresente que Peixoto de Azevedo tem uma boa localização, uma questão estratégica, é uma cidade que a economia ainda é a extração mineral. São fatores importantíssimos para que este Comando permaneça no município”, declarou, através da assessoria.

O deputado estadual, delegado Claudinei, quer que o comando regional fique em Peixoto por estar localizado em uma área estratégica e central e atender outros nove municípios vizinhos. “É importante levar essa preocupação ao secretário que vai considerar os pareceres técnicos, para ver a possibilidade de concentrar todas as forças de segurança em Peixoto. Temos um decreto de 2015 que determinou que fosse feita a transferência, vamos analisar e ver realmente a permanência”, ressalva o parlamentar.

Também estiveram na audiência na secretaria, o presidente do Conselho de Segurança (Conseg) de Peixoto de Azevedo, Edson Santos,  o presidente da Associação Comercial, Alanderson Aires e vereadores.

Fonte: Só Notícias

Comentários

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}