Notícias

Quarta-Feira, 28 de Março de 2018 08:21

Mulher é presa com carro e moto aquática roubados no quintal de casa em MT

Polícia foi até a casa depois de receber denúncias de tráfico de drogas e de uma série de roubos e furtos na região do Bairro Pirinéu.
Autor: Leandro Trindade, TV Centro América
Mulher é presa com carro e moto aquática roubados no quintal de casa em MT Moto aquática que tinha sido roubada foi encontrada na casa de mulher (Foto: Divulgação)

Uma mulher foi presa nessa segunda-feira (26) em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, suspeita de tráfico, furto e receptação, já que na casa dela os policiais encontraram vários objetos que teriam sido furtados e roubados, entre eles um carro e uma moto aquática com queixa de roubo.

A Polícia Militar recebeu uma denúncia anônima de tráfico de drogas e foi até a casa da mulher, no Bairro Pirinéu, em Várzea Grande, onde encontrou 48 objetos, como televisores, instrumentos musicais e câmeras de monitoramento, além de uma Ecosport e de uma moto aquática.

Segundo a polícia, os veículos têm registros de roubo e estavam no pátio da casa dela. Ela foi conduzida para a Central de Flagrantes, no Bairro Parque do Lago.

O carro estava com o vidro quebrado.

O sargento da PM André Luiz Marcondes disse que na última semana tinham aumentado as denúncias de roubos e furtos nessa região.

"Teve um roubo de um jet ski, um roubo a uma igreja do bairro, e de furtos de materiais de monitoramento de algumas residências. Daí, fomos fazer uma abordagem nessa residência e dois homens fugiram para o mato e não conseguimos prendê-los, mas na casa encontramos os materiais que tinham sido roubados da igreja e outros objetos", contou.

Outras duas pessoas que estavam na casa fugiram depois que a polícia chegou ao local.

Em depoimento à polícia, a mulher disse que comprou todos os produtos pela internet.

Fonte: G1 MT

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}