Terça-Feira, 25 de Junho de 2019, 12:42

Notícia:

Mendes diz que Bolsonaro irá ajudar MT no segundo semestre

Mendes diz que presidente sabe da importância de MT e que espera resultado com reforma da Previdência
Mendes diz que Bolsonaro irá ajudar MT no segundo semestre Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

O governador Mauro Mendes (DEM) disse que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) garantiu, para o segundo semestre deste ano, novidades que poderão ajudar os Estados. Isso porque, ao longo do primeiro quadrimestre, os repasses da União tiveram queda de 10%.

Ao MidiaNews, Mendes afirmou ter questionado Bolsonaro, durante sua visita a Mato Grosso nesta quarta-feira (05), sobre os repasses do Fundo de Auxílio à Exportação (FEX), que não ocorrem desde 2018. Mato Grosso tem direito a pouco mais de R$ 400 milhões por ano.

“Aproveitamos a oportunidade e falei com ele e com o chefe da Casa Civil [Onyx Lorenzoni]. Falei do momento difícil que o Estado de Mato Grosso vive e da importância da liberação do FEX e da compensação para Mato Grosso, em função da desoneração da Lei Kandir”, afirmou.

“Ele disse que estava estudando junto com a equipe econômica o caso e que, provavelmente no segundo semestre deste ano, nós vamos ter boas novidades para ajudar os Estados”, completou.

Mendes disse que o presidente sabe da importância de Mato Grosso para a economia do País e que precisa fazer com que os recursos retornem ao Estado.

“Senti que ele tem um respeito grande pelo o que Mato Grosso representa, como o maior produtor brasileiro, como o Estado que contribui muito com a balança comercial. E que a União precisa mexer seu corpinho para ajudar o Estado neste momento de dificuldade”, disse.

Foco na Previdência

O governador disse ter sentido que Bolsonaro está focado na aprovação da Reforma da Previdência, que tramita no Congresso Nacional.

Mais cedo, Mendes publicou um vídeo em suas redes sociais defendendo a reforma.

“Eu senti que ele está focado na reforma da Previdência, assim como o ministro [Paulo] Guedes. E que após a reforma deve abrir um cenário de oportunidade aos Estados e municípios brasileiros em função de o Governo Federal encontrar uma perspectiva diferente para este grande problema da nação”, afirmou.

“Os R$ 300 milhões de déficit da Previdência é um dinheiro que os Estados e Municípios nunca sonharam em ter. Então, qualquer redução nesse déficit é dinheiro que pode ser canalizado aos Estados para fazerem obras, serviços, melhorarem a Saúde e Educação e devolverem isso em forma de serviços públicos”, defendeu.

É um projeto extremamente positivo. É um grande projeto de recuperação, preservação das nascentes, matas ciliares

“Juntos pelo Araguaia”

Bolsonaro participou do lançamento do projeto “Juntos pelo Araguaia”, na manhã desta quarta-feira (5), na divisa entre os estados de Mato Grosso e Goiás.

Acompanhado de Mendes e do governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), o presidente assinou um protocolo de intenções entre o Governo Federal e os dois estados, visando a recuperação e revitalização de bacias hidrográficas no país.

Ao MidiaNews, Mendes disse que o presidente deu a visibilidade necessária ao projeto.

“É um projeto extremamente positivo. É um grande projeto de recuperação, preservação das nascentes, matas ciliares, áreas de preservação permanente. Um rio [Araguaia] entre Goiás e Mato Grosso, que faz parte da nossa história. E um rio que tem um contexto gigante para o turismo e na vida de milhares de pessoas que vivem ao longo dele”, disse.

“A vinda do presidente deu uma grande visibilidade a esse projeto. O Governo Federal vai participar inicialmente com a elaboração do projeto executivo e a conversão de multas do IBAMA para esse programa. Multas que forem lavradas em Mato Grosso e Goiás”, explicou.

 

Fonte: Midia news

Comentários

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}