Quarta-Feira, 23 de Outubro de 2019, 04:46

Notícia:

Falso policial acusado de extorquir produtores rurais é preso em MT

A prisão dele só aconteceu porque foram as próprias vítimas que desconfiaram da forma com que ele fazia as abordagens na zona rural e denunciaram o caso à Polícia Civil.
Falso policial acusado de extorquir produtores rurais é preso em MT Eduardo Dembisnki Rnácio se passava por policial civil em MT. — Foto: TVCA/Reprodução

Um homem foi preso em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá, suspeito de se passar por policial civil para extorquir produtores rurais da região.

Leia também:
Valdir Piran, ex-deputado e mais quatro são presos acusados de desvio de dinheiro público; veja nomes

A prisão dele só aconteceu porque foram as próprias vítimas que desconfiaram da forma com que ele fazia as abordagens na zona rural e denunciaram o caso à Polícia Civil.

Esse homem que extorquia principalmente pequenos e médios produtores na região de Rondonópolis foi identificado como Eduardo Dembisnki Rnácio.

Ele tem 32 anos e, de acordo com o relato das vítimas, chegava nas propriedades armado, alegando que estava conduzindo investigações. Ele dizia que tais investigações apontariam aquela vítima como investigada em roubos de gado ou outros crimes.

A partir dessa história criada por ele, ameaçava prender a vítima caso não entregasse, no outro dia, a quantia em dinheiro que ele pedia na primeira abordagem. Na delegacia, uma das vítimas disse que ele teria exigido R$ 50 mil.

Segundo tenente da força tática, João Felipe Queiroz de Melo, muitas outras vítimas podem ter caído na lábia do estelionatário.

A arma que o falso policial usava nas abordagens ainda não foi apreendida. Ele já tinha passagens pela polícia por furto e receptação e agora deve responder também por estelionato e extorsão.

 

Fonte: Tv Centro Ameríca

Comentários

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}