Quinta-Feira, 20 de Junho de 2019, 06:00

Notícia:

Companhia conclui enchimento de reservatório da Usina Hidrelétrica Sinop

Companhia conclui enchimento de reservatório da Usina Hidrelétrica Sinop Foto: Herisane Oliveira

O processo de enchimento da Usina Hidrelétrica de Energia (UHE) Sinop, localizada no rio Teles Pires, foi finalizado. O procedimento, segundo a Sinop Energia, concessionária responsável pela implantação, ocorreu de forma gradativa e, nesta sexta-feira, alcançando a cota 302 (nível máximo operativo), correspondente à uma área de 342 quilômetros quadrados e um volume total de 3 bilhões de metros cúbicos.

O procedimento de formação do lago da usina iniciou em 30 de janeiro deste ano e contou com o acompanhamento diário da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (SEMA). Agora, a UHE Sinop está em fase final de implantação. De acordo com o diretor-presidente da concessionária, Jean-Christophe Delvallet, todo o processo foi executado dentro das obrigações estabelecidas no Projeto Básico Ambiental (PBA) e no Plano de Enchimento Controlado (PEC).

Delvallet afirmou ainda que várias ações foram desenvolvidas para que o processo, como um todo, ocorresse com êxito e segurança. “Entre os trabalhos de muita dedicação podemos destacar as análises regulares da qualidade da água no reservatório ao longo da sua formação, que permaneceram dentro do previsto pelo modelo matemático, o resgate cuidadoso de 25 mil animais realizado pela equipe do Programa de Afugentamento e Resgate da Fauna Terrestre da UHE Sinop e também as atividades do Programa de Comunicação Social que antecederam todo o processo”, acrescentou, por meio da assessoria.

O diretor de Meio Ambiente da Sinop Energia, Ricardo Padilha, lembrou sobre a importância dos 41 programas básicos ambientais (PBA’s) desenvolvidos pela Usina. “Todas as atividades são fundamentais para o sucesso do projeto ao longo de sua implantação, mas quero salientar que os trabalhos não param após o enchimento do reservatório”, explicou. “Na fase de operação os programas permanecerão com o mesmo afinco e dedicação por parte do Empreendimento”, acrescentou.

De acordo com a diretoria da Companhia Energética Sinop, embora atrativo, o lago formado pode apresentar riscos se os limites de segurança não forem respeitados. “Por esta razão é importante que o público respeite os alertas instalados a montante e a jusante imediatos do barramento da Usina durante as atividades de lazer e pesca. Além disso, conforme a Lei Estadual nº 9096 de 2009 é proibido pescar no Estado de Mato Grosso a 200m acima ou abaixo das barragens”, informou a assessoria.

Fonte: Só Noticias

Comentários

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}