Notícias

Segunda-Feira, 12 de Março de 2018 11:25

Colheita de soja chega a 48% da área, avanço de 13 p.p na semana

A colheita de soja da safra 2017/18 no Brasil alcançou 48% da área cultivada na última quinta-feira (8), avanço de 13 pontos porcentuais na semana e dois pontos acima da média dos últimos cinco anos
Colheita de soja chega a 48% da área, avanço de 13 p.p na semana Foto: Reprodução

A colheita de soja da safra 2017/18 no Brasil alcançou 48% da área cultivada na última quinta-feira (8), avanço de 13 pontos porcentuais na semana e dois pontos acima da média dos últimos cinco anos. Os dados foram divulgados há pouco pela consultoria AgRural. Ainda há atraso na comparação com igual período da temporada passada, quando 56% das lavouras tinham sido colhidas.

"Nos últimos dias, a colheita avançou sem maiores percalços em todo o País e já está praticamente concluída no oeste do Paraná e no norte e oeste de Mato Grosso", disse a AgRural no boletim semanal. Os trabalhos estão mais adiantados em Mato Grosso, onde 85% da área semeada foi colhida; em seguida estão Goiás e Rondônia, nos quais a soja já foi retirada de 75% das lavouras; depois aparece Mato Grosso do Sul, com colheita em 69% da área; São Paulo, 57%; Paraná, 49% e Minas Gerais, 38%.

Em Estados que plantam e colhem mais tarde, o trabalho atinge 12% em Santa Catarina, 8% na Bahia, 10% no Maranhão, 9% em Tocantins, 6% no Piauí e 16% no Pará, conforme a consultoria. Em alguns pontos do Rio Grande do sul as colheitadeiras entraram no campo, mas a área colhida não alcança 1% do total até agora. "No Matopiba (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia), chuvas acima da média podem dificultar a colheita nos próximos dias, mas os volumes (de precipitações) estimados diminuíram um pouco em relação às previsões iniciais", informou a consultoria na nota.

Com relação ao milho de segunda safra, o plantio avançou na última semana no Centro-Sul do País e alcançou 81% da área prevista, em virtude do avanço da colheita de soja, do clima favorável à atividade e à proximidade do fim da janela ideal de cultivo na maior parte das áreas produtoras, segundo a AgRural. Em algumas, a janela já fechou.

Assim como na colheita de soja, Mato Grosso lidera a semeadura do milho, com 95% da área prevista cultivada. "A diminuição das chuvas nas duas últimas semanas já preocupa parte dos produtores do Estado, mas por enquanto a falta de umidade nas lavouras é pontual e não ameaça o potencial produtivo", informou a consultoria. Em São Paulo o cultivo alcança 89% da área prevista; em Minas Gerais, 83%; Goiás, 76%; Paraná, 74% e Mato Grosso do Sul, 55%.

Quanto à safra de verão de milho, a colheita foi realizada em 28% da área plantada no Centro-Sul do Brasil até o dia 8 de março. Uma semana antes, chegava a 24%. Em igual época do ano passado, contudo, estava mais adiantada e atingia 36% das lavouras; na média dos últimos cinco anos, de 37% da área, também há atraso. Santa Catarina e Rio Grande do Sul são os Estados onde o trabalho está mais avançado, com 59% e 57% da área colhida, respectivamente.

Fonte: Portal do Agronegócio

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}